Tomada de Decisão em Momentos de Crise

Como encontrar o equilíbrio entre planejamento e reação imediata em momentos de crise? Este é um desafio que muitos líderes irão vivenciar nas próximas semanas ou meses.

Clique aqui para ampliar a imagem

O principal papel do líder será definir prioridades e comunicá-las ao time executivo, ao mesmo tempo em que define variáveis, dados e informações críticas que deverão ser monitoradas sistematicamente.

Um mix entre planejamento e tomada de decisão rápida deverá ser colocado em prática de forma a não perder o timing da situação ao mesmo tempo em que seja possível olhar para o futuro e minimamente se preparar para situações adversas que virão.

O fluxograma apresentado neste artigo mostra etapas que líderes podem percorrer na busca de identificar e priorizar riscos, criar modelos numéricos para validar hipóteses e desenvolver planos de ação que envolvam toda equipe executiva em busca de resultados importantes neste período.

Aqui pragmatismo é a palavra de ordem, não há tempo para burocracia, excesso de documentação ou reuniões improdutivas.

Cada etapa deve ser concluída de forma rápida e objetiva, porém revisitada periodicamente em função do contexto de cada empresa, da dinâmica do mercado em qual atua e conforme novos fatos externos aparecem.

Este processo irá permitir respostas rápidas ao mesmo tempo que olhamos no que ainda está por vir.

Sugerimos que o mapeamento dos riscos seja feito minimamente em 4 grandes áreas do negócio: cadeia de suprimentos, comercial, operação e financeiro. Entender o status atual e como poderá ficar em semanas e meses será fundamental para antever problemas e deixar claro no que devemos focar de imediato para minimizar os impactos negativos.

A priorização dos riscos é essencial, pois os recursos serão ainda mais limitados. O foco deverá ser em poucos temas, porém naqueles de grande impacto par o negócio. O processo sistemático de reavaliar os riscos irá fazer com que todos sejam endereçados ao longo das semanas em função da probabilidade de ocorrência e impacto no negócio.

Fale com o Autor deste Artigo

e deixe sua pergunta.