Secretaria de Governança Corporativa

Secretaria de Governança Corporativa

Implantação e Sustentação da Secretaria de Governança Corporativa.

A Secretaria de Governança Corporativa funciona como uma área de suporte, cujo desempenho eficiente depende de um patrocinador dentro da organização que providencie autonomia. Isso permite que a Secretaria de Governança opere de forma imparcial frente a interesses individuais ou coletivos, concentrando-se nas diretrizes de governança e nas práticas recomendadas, particularmente em contextos de conflito de interesses. Esses elementos são importantes para que a Secretaria de Governança adicione valor à organização.

O secretário de governança é responsável por gerenciar o fluxo de informações, assegurando que estas sejam encaminhadas de forma segura e em tempo adequado aos diferentes agentes e órgãos de governança.

Os avanços nas práticas de governança corporativa, a crescente complexidade do ambiente de negócios e o aumento das demandas dos órgãos reguladores e fiscalizadores sublinham a importância das responsabilidades desta função. O secretário de governança deve atuar sempre no melhor interesse da organização, com integridade e sem julgamentos.

Secretaria de Governança Corporativa

Posicionamento da Secretaria de Governança Corporativa

Organograma-Posicionamento-da-Secretaria-de-Governança-Corporativa

O papel da Secretaria de Governança Corporativa

É essencial que a organização tenha uma compreensão clara do papel da Secretaria de Governança Corporativa como um agente imparcial para prevenir conflitos ou desafios. Isso inclui evitar a delegação informal de autoridade por parte de conselheiros e o manejo das responsabilidades que isso implica; resistir à pressão para conceder acesso à informações confidenciais a certos acionistas, conselheiros ou executivos; assegurar a obtenção de informações chave dentro dos prazos estabelecidos e responder prontamente a qualquer questionamento; e evitar a influência adversa de executivos, conselheiros ou membros de órgãos técnicos que busquem vantagem pessoal, entre outras questões.

A abrangência de uma secretaria de governança será determinada pela diversidade dos componentes de um sistema de governança, quais sejam: ambientes (legal, regulatório e voluntário) em que a organização se insere; agentes e órgãos de governança que podem estar instalados na organização; documentos que definem as regras e condutas adotadas pela organização; e ferramentas que materializam as diretrizes e as práticas de governança da organização. O quadro a seguir demonstra, de forma genérica, estes componentes.

Componentes do Sistema de Governança

Através de uma abordagem holística denominada de Sistema de Governança Corporativa Integrada incorporamos princípios e práticas de governança em todas as camadas e processos da empresa. Este sistema visa integrar a governança em todos os níveis organizacionais,estendendo-se além do conselho de administração e englobando todos os stakeholders com vistas à geração de valor aos sócios ou acionistas no longo prazo.

Secretaria-de-Governança-Corporativa-Componentes-do-Sistema-de-Governança-Corporativa

Processo de Implantação e Sustentação da Secretaria de Governança Corporativa

Para que o Sistema de Governança Corporativa seja sustentado e aprimorado constantemente é fundamental que haja uma Secretaria de Governança Corporativa dedicada. Delegar essa posição à pessoas sem experiência é um erro comum, que pode representar a estagnação ou fracasso do sistema.

1.

Mapeamento e análise de necessidades

Conduziremos uma análise detalhada das práticas de governança existentes. Identificaremos as lacunas, os pontos fortes e as áreas que requerem maior atenção.

2.

Estruturação e design organizacional

Definiremos a estrutura da SG, incluindo a criação de processos-chave e mecanismos de fluxo de informações. A estrutura será desenhada para apoiar eficientemente todas as funções de governança, desde o apoio às reuniões do conselho até o desenvolvimento e aprimoramento das estruturas de governança.

3.

Formulação de políticas e procedimentos

Desenvolveremos políticas e procedimentos que regerão as operações da SG. Isto incluirá práticas para a gestão de documentos e comunicação, garantindo conformidade com as normas legais e regulatórias e alinhamento com as melhores práticas de governança.

4.

Implementação de sistemas de informação

Implementaremos tecnologia de ponta para suportar a SG, garantindo a segurança das informações e eficiência na comunicação entre todas as partes interessadas. As ferramentas tecnológicas facilitarão o acesso a documentos importantes e a gestão de informações de governança.

5.

Lançamento e comunicação interna

Acompanharemos a implementação da SG com uma campanha de comunicação interna robusta para assegurar que todos na organização entendam o valor e o funcionamento da SG. Incluirá treinamentos e workshops para promover uma compreensão abrangente da importância da governança.

6.

Monitoramento e avaliação contínua

Estabelecermos indicadores de desempenho para monitorar a eficácia da SG e realizaremos avaliações periódicas para adaptar e melhorar continuamente os processos e práticas.

7.

Conformidade Legal

Gerenciaremos todas as necessidades de conformidade legal e regulatória para a criação e operacionalização da SG. Isso inclui o registro de mudanças estruturais e a garantia de que todas as operações estão em conformidade com as leis aplicáveis.

8.

Integração e Melhoria contínua

Nosso envolvimento não termina com a implementação. A C&S continuará como um parceiro estratégico, assegurando que a SG se integre plenamente à cultura da organização e contribua para o seu desenvolvimento e evolução contínua. Esta abordagem detalhada reflete nosso compromisso em fornecer uma solução de governança que seja eficaz, sustentável e adaptada às necessidades da organização.

Processos da Secretaria de Governança Corporativa

Nossa metodologia considera nove processos essenciais, geridos através de uma Plataforma de Governança e acompanhados de perto pelo nosso responsável jurídico. Estes processos são projetados para garantir a conformidade, promover a eficiência e sustentar a transparência em todas as atividades de governança da organização.

Secretaria de Governança Corporativa-Processo-de-Governança-Corporativa

Modus Operandi da Secretaria de Governança Corporativa em Relação ao Conselho, Assembleia de Sócios e Diretoria Executiva

A Secretaria de Governança Corporativa desempenha funções críticas em relação ao Conselho de Administração, Assembleia de Sócios e Diretoria Executiva, garantindo a fluidez da comunicação e a adequação dos processos de governança corporativa. Abaixo estão detalhadas as funções específicas da SG para cada um desses grupos

Cases Relacionados

  • Governança Corporativa Integrada no Grupo Unika Embalagens

    O Grupo Unika Embalagens, contratou a C&S Projetos e Mercado para realizar um projeto de implantação e sustentação da Governança Corporativa Integrada.

  • Implantação do Conselho de Administração, Participação de Conselheiro de Administração Externo, Aconselhamento Empresarial e Secretaria de Governança Corporativa

    Além do Conselho de Administração, a C&S Projetos e Mercado também implementou a Secretaria de Governança Corporativa na Real Cestas, oferecendo apoio contínuo para o Conselho e Conselheiros.

  • Implantação do Conselho de Administração, Participação de Conselheiro de Administração, Aconselhamento Empresarial e Secretaria de Governança Corporativa no Kid Beeruta.

    Kid Beeruta contratou a C&S Projetos e Mercado para a implantar e sustentar seu Conselho de Administração, incluindo a participação Conselheiro de Administração.

  • Implantação e Sustentação de Conselho de Administração e Secretaria de GC na Associação Esperança e Vida.

    A Associação de Apoio Esperança e Vida contou com o apoio pro bono da C&S Projetos e Mercado para a implantação de um Conselho de Administração.

Artigos Relacionados

  • Estratégia dos Conselhos de Administração: fatores de influência

    O cenário empresarial está cada vez mais voltado para a sustentabilidade, e a liderança desempenha um papel crucial em promover e implementar efetivamente as práticas de ESG.

  • Inteligência Artificial nos Conselhos de Administração

    O cenário empresarial está cada vez mais voltado para a sustentabilidade, e a liderança desempenha um papel crucial em promover e implementar efetivamente as práticas de ESG.

  • Reshoring: principais etapas para a repatriação da produção

    O cenário empresarial está cada vez mais voltado para a sustentabilidade, e a liderança desempenha um papel crucial em promover e implementar efetivamente as práticas de ESG.

  • Gestão estratégica de estoques: equilibrando custos e eficiência

    O cenário empresarial está cada vez mais voltado para a sustentabilidade, e a liderança desempenha um papel crucial em promover e implementar efetivamente as práticas de ESG.

Time de Especialistas

Mauricio-Siqueira-CCI-CTA

Mauricio Siqueira, CCA CTA

Conselheiro de Administração

Economista, Pós graduado em Engenharia Econômica e Economia do Agronegócio, Membro e Conselheiro de Administração Certificado pelo IBGC. Como Executivo, foi interventor pelo BNDESpar, presidiu Empresas e Conselhos.

Bruno Siqueira, CCA

Diretor Executivo

Economista, MBA em Finanças Corporativas, Especialista em Fusões & Aquisições, Private Equity & Venture Capital e Mestre em Administração pela Fundação Dom Cabral. Membro e Conselheiro de Administração Certificado pelo IBGC.

Carolina Siqueira

Jurídico

Advogada, especialista em Direito Societário e em Secretarias de Conselhos de Administração pelo IBGC. Responsável pelas Secretarias dos Conselhos e assuntos legais relacionados à Governança Corporativa.

Increva-se em nossa newsletter

Cadastre-se e fique atualizado com nossos insights mais recentes

Conecte-se com nossa prática de transformação.