Controladoria & Tesouraria

Controladoria & Tesouraria

Capacidade analítica que fomenta a eficiência financeira e operacional.

Planejamento, análise e recomendações que promovem decisões conscientes, buscando ganhos de eficiência através de controles e otimização do uso do capital.

Nossa atuação

Planejamento e Gestão Orçamentária

A controladoria desenvolve e otimiza o planejamento orçamentário, assim como fornece dados para uma gestão continuada, garantindo alinhamento financeiro com objetivos estratégicos.

Apuração de Resultados

Nos conectamos à base de dados para estruturar o resultado da empresa, criando uma visão clara da performance financeira e operacional numa visão gerencial e caixa, estabelecendo uma conexão com o contábil.

Análises e Recomendações

Damos profundidade nos dados e fatos relacionados ao contexto econômico e financeiro, criando insights e transformando análises numéricas em recomendações para tomada decisão em nível estratégico e tático.

Estudos Específicos

Utilizando modelagens numéricas e análise de cenários no contexto econômico e financeiro das empresas buscamos responder questões relevantes que impactam no desempenho do negócio.

Gestão Estratégica de Caixa

Monitoramento dos fluxos de caixa de entrada e saída de modo a garantir fundos suficientes para cobrir as operações diárias, identificando oportunidades de investimento para excedentes de caixa.

Administração de Dívidas e Investimentos

Análises e recomendações para tomada de decisão sobre empréstimos, linhas de crédito, e gestão de portfólio de investimentos, visando otimizar o custo do capital e o retorno sobre os investimentos.

Relacionamento com Mercado Financeiro

Estabelecimento e sustentação de relações com bancos e outras instituições financeiras para assegurar o acesso a financiamentos, melhores taxas de juros e serviços financeiros adequados.

Operações e Controles Internos

Avaliação e recomendação de melhorias nos processos para gestão eficiente das atividades de tesouraria, assegurando conformidade com regulamentações e práticas de governança corporativa.

Controladoria e Tesouraria como Pilares da Governança Corporativa

“Governança” é um termo que se torna a cada dia mais conhecido e, sobretudo, praticado. O crescimento, a evolução e a complexidade empresariais, bem como as exigências do mundo contemporâneo, levam quase naturalmente à necessidade de definir melhor papéis, regras e processos, seja a empresa aberta ou fechada, de pequeno, médio ou grande porte, familiar ou não.

As boas práticas de governança aplicam-se a qualquer organização, independentemente de porte, natureza jurídica ou tipo de controle, e seus pilares de transparência, equidade, prestação de contas e responsabilidade corporativa são os mesmos para qualquer empresa.

Organismos internacionais relevantes, como Organization for Economic Co-operation and Development, Banco Mundial e Fundo Monetário Internacional, vêm incentivando países e empresas a adotarem boas práticas de Governança Corporativa por acreditarem que estas reduzem a corrupção e levam ao sucesso econômico, aumentam a confiança de investidores e a eficiência do mercado de capitais e contribuem para o desenvolvimento econômico sustentável melhorando o desempenho das empresas e facilitando acesso a capital.

No caso das empresas de controle familiar ou multifamiliar, porém, há questões que ultrapassam a Governança Corporativa e dizem respeito apenas à família empresária, sua evolução, relações interpessoais, ampliação natural e interação com o negócio. Para abordar tais questões de forma produtiva e consciente, as empresas familiares devem implantar, além da Governança Corporativa, a governança familiar.

Os dois tipos de governança são elementos independentes, mas que se complementam, cada qual dotado de imenso valor intangível e sem possibilidade de sobreviver um sem o outro. É crescente o número de empresas familiares brasileiras de grande porte que já pratica a governança familiar. É importante que empresas familiares de médio ou pequeno porte possam fazer o mesmo e vencer o desafio da longevidade. Contudo, Governança Familiar não é Governança Corporativa. Enquanto a Governança Corporativa atua no âmbito dos negócios – sustentabilidade, proteção dos ativos, imagem, reputação e sua relação as partes interessadas em sua cadeia de valor – a Governança Familiar atua no âmbito da família, abordando a relação desta com seus membros, com a propriedade, coma a empresa e com partes interessadas.

Controladoria e Tesouraria como Pilares da Governança Corporativa

“Governança” é um termo que se torna a cada dia mais conhecido e, sobretudo, praticado. O crescimento, a evolução e a complexidade empresariais, bem como as exigências do mundo contemporâneo, levam quase naturalmente à necessidade de definir melhor papéis, regras e processos, seja a empresa aberta ou fechada, de pequeno, médio ou grande porte, familiar ou não.

As boas práticas de governança aplicam-se a qualquer organização, independentemente de porte, natureza jurídica ou tipo de controle, e seus pilares de transparência, equidade, prestação de contas e responsabilidade corporativa são os mesmos para qualquer empresa.

Organismos internacionais relevantes, como Organization for Economic Co-operation and Development, Banco Mundial e Fundo Monetário Internacional, vêm incentivando países e empresas a adotarem boas práticas de Governança Corporativa por acreditarem que estas reduzem a corrupção e levam ao sucesso econômico, aumentam a confiança de investidores e a eficiência do mercado de capitais e contribuem para o desenvolvimento econômico sustentável melhorando o desempenho das empresas e facilitando acesso a capital.

No caso das empresas de controle familiar ou multifamiliar, porém, há questões que ultrapassam a Governança Corporativa e dizem respeito apenas à família empresária, sua evolução, relações interpessoais, ampliação natural e interação com o negócio. Para abordar tais questões de forma produtiva e consciente, as empresas familiares devem implantar, além da Governança Corporativa, a governança familiar.

Os dois tipos de governança são elementos independentes, mas que se complementam, cada qual dotado de imenso valor intangível e sem possibilidade de sobreviver um sem o outro. É crescente o número de empresas familiares brasileiras de grande porte que já pratica a governança familiar. É importante que empresas familiares de médio ou pequeno porte possam fazer o mesmo e vencer o desafio da longevidade. Contudo, Governança Familiar não é Governança Corporativa. Enquanto a Governança Corporativa atua no âmbito dos negócios – sustentabilidade, proteção dos ativos, imagem, reputação e sua relação as partes interessadas em sua cadeia de valor – a Governança Familiar atua no âmbito da família, abordando a relação desta com seus membros, com a propriedade, coma a empresa e com partes interessadas.

Cases Relacionados

  • Processos Gerenciais e Controladoria da TV Século XXI

    A TV Século XXI, formada por uma Rede de Televisão com abrangência nacional, Editora (Louvemos o Senhor), Lojas de Livros e Artigos Religiosos, Revista Brasil Cristão (200mil exemplares mês) e Ensino a Distância.

  • Transformação na FARO – Faculdade de Rondônia

    A FARO tem mais de 30 anos de história, e é uma instituição de ensino bastante representativa no Norte do Brasil, tendo formado milhares de alunos em seus cinco cursos de graduação e diversos cursos de pós-graduação.

  • Reestruturação Empresarial de Indústria de Fibras e Fios Sintéticos

    A C&S Projetos e Mercado é assessora econômica da alta administração da Etruria na Reestruturação de suas atividades Operacionais e Financeiras.

  • Auditoria de Processos Econômicos e Financeiros em Rede de churrascarias

    C&S Projetos e Mercado foi contratada para auditar os Processos Econômicos e Financeiros da operação.

Artigos Relacionados

  • Precificação Estratégica: arte e ciência

    Muitas vezes, adquirimos produtos sem compreender os processos subjacentes à formação de seus preços.

  • A experiência digital como impulsionadora de negócios

    A experiência digital e seus impactos nos negócios é um tema que ressoa com força na era atual, marcada pela transformação digital acelerada.

  • Navegando na incerteza – estratégias avançadas para gestão de riscos corporativos

    Diante das diversas crises da atualidade, desde conflitos geopolíticos até desafios climáticos e tecnológicos, as organizações enfrentam uma necessidade de desenvolver estratégias de gestão de riscos robustas e adaptáveis.

  • Pricing de produtos: o ingrediente da competitividade

    Geralmente quando estamos definindo o planejamento estratégico ou durante a fase de gestão estratégica nos deparamos com problemas e oportunidades na precificação dos produtos.

O que dizem sobre nós

Time de Especialistas

Diego Piai

Diretor de Controladoria e Tesouraria

Administrador, MBA em Finanças e em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria. Especialista em Contabilidade Gerencial tendo atuado na controladoria de grandes empresas.

Lucas Camillo

Gerente de Controladoria

Contador, MBA em Gestão em Controladoria e Tributação. Possui experiência na internalização dos controles contábeis, financeiros e fiscais.

Daniel Capovilla

Gerente de Controladoria

Administrador, MBA em Controladoria e Finanças. Atuou na área de planejamento financeiro e controladoria em grandes empresas.

Felipe Paes

Gerente de Controladoria

Economista com Pós Graduação em Controladoria e Finanças. Atuou no financeiro de empresas de diversos portes.

Emerson Mina

Associate Partner Relação com Investidores

Administrador de Empresas, com MBA em Finanças e Negócios pela Fundace. Professor Universitário nas matérias de Comércio Exterior e Mercado de Capitais, fez carreira no Banco do Brasil, onde esteve à frente das áreas Empresarial e Internacional do Banco.

Samuel Freitas

Gerente de Tesouraria

Contador e MBA pela Fundação Getúlio Vargas-FGV em Finanças, Controladoria e Auditoria. Atuou na tesouraria, passando pelas áreas administrativas, financeira e de compras.

Mário Fontana

Gerente de Tecnologia

Administrador com
Pós-Graduação em Business Intelligence and Analytics. Possui experiência na coordenação de projetos de inovação digital e é especialista em ferramentas digitais.

Conecte-se com nossa prática de transformação.