Erros contábeis levam CVC a propor arbitragens contra ex-diretores.

Após alegar que quatro executivos descumpriram deveres legais e estatutários e devem ser responsabilizados, o conselho de administração da CVC Corp decidiu recomendar uma ação de responsabilidade contra os antigos administradores da operadora de turismo. As distorções contábeis envolvem os balanços de 2015 a 2019.

Os executivos Luiz Fernando Fogaça, Leopoldo Saboya, Jacques Douglas Varaschim e Luiz Eduardo Falco, teriam cometido erros contábeis que inflaram os resultados em R$ 362 milhões. O maior impacto ocorreu a partir de 2017, quando a CVC passou a ser controlada pelo management.

Com essas distorções, o valor de mercado da CVC inflou numa época em que a remuneração do management da companhia dependia do desempenho da ação. O conselho listou uma série de condutas irregulares praticadas pelos executivos, entre elas a elaboração de demonstrações financeiras em desacordo com as regras da Lei das S.A. e com a regulamentação. Também teriam sido coniventes com as falhas de processos, sistemas e controles, e se omitiram diante dessas fragilidades e seus sinais.

Até o momento, a apuração interna da empresa já identificou danos patrimoniais irreparáveis estimados em mais de R$ 67 milhões, e uma parcela dessa perda é proveniente do pagamento indevido de tributos, uma vez que houveram distorções contábeis e custos com a apuração e correção desses erros nos balanços. Para se ter uma ideia, foi preciso refazer toda a demonstração de resultados da CVC de 2017 e 2018.

A pior parte é que esse valor ainda pode subir. A empresa calcula o tamanho das perdas por causa dos pagamentos de dividendos e juros sobre capital próprio adicionais pelo aumento artificial dos resultados, assim como a remuneração variável de diretores e outros funcionários.

A decisão final sobre o processo será tomada pelos acionistas durante uma assembleia prevista para 27 de abril.

Fonte: Brazil Journal

Equipe Técnica

Profissionais Multidisciplininares

Fale com o Autor deste Artigo

e deixe sua pergunta.