Seringueira no Estado de São Paulo

A seringueira (hevea brasilienses) é originária do Brasil e teve sua extração de forma extensiva, em árvores espalhadas nas florestas, principalmente nos estados da Amazônia. Vários projetos foram desenvolvidos nesta região, com cultivos intensificados, porém houve uma doença, o Mal das Folhas, que inviabilizou a cultura nestas áreas tropicais.

Estudos e pesquisas direcionaram como terreno ideal para o cultivo da seringueira o Planalto Paulista. Após minucioso estudo, a C&S iniciou um forte trabalho elaborando e implantando seringais em várias DIRAS (Divisões Regionais Agrícolas), financiados pelos Programa Pró Borracha (PROBOR) I, II, III.

Trabalhamos por diversos anos para Grupos como Paula Machado (Cia das Docas de Santos), Alcântara Machado (Dr. Caio de Alcântara Machado), SRUR, Lunardeli, entre outros, com importante participação no desenvolvimento da heveicultura no Estado de São Paulo.