O que esperar do Brasil em 2016?

Temos um cenário político extremamente conturbado, no qual os três poderes vivem às turras, com acusações entre si, com a única preocupação de auto defesa, trocas de cargos e nomeações, discussões sobre quem manda , quem tem poder e quem obedece.

A certeza é uma só: O Brasil está à deriva!

Todos os poderosos estão apenas atentos a estas questões, e não ao direcionamento correto e eficaz da Nação, dos setores produtivos, da infra estrutura, da educação, da saúde. Estão se esquecendo da dignidade do povo brasileiro.

Tenho certeza, que esta guerra de vaidades, deve se estender, sabe lá Deus até quando, e enquanto nós brasileiros assistimos estarrecidos, à queda de braços das "Excelências". Será que deveríamos chamá-los excelências? Eles não abrem mão!

É imprevisível o tempo necessário para que tudo seja solucionado. As discussões giram em torno de quem tem razão, quem fica, quem sai e quem entra no poder. Pobre Brasil! Pobre povo brasileiro! Digo isto com o coração partido, pois a única certeza que tenho, é que vivemos no melhor país do mundo.

E 2016?
- Teremos inflação alta;
- Juros altos;
- Escassez de crédito para capital de giro para as empresas;
- Inexistência de capital para investimentos;
- Fundos de investimentos se retirando do país;
- Carga tributária elevadíssima;
- Pedidos de falência e recuperações judiciais aumentando;
- Inadimplência das pessoas físicas e jurídicas;
- Bolsa de valores e dólar subindo e descendo de forma alucinante à cada notícia;
- Desemprego crescente.

A boa notícia, é que somos um povo criativo, pacífico, cordial, que espera que o país, abençoado por Deus, renasça das cinzas, o mais rápido possível. Não sabemos o quanto vai demorar para que esta situação se reverta, mas podemos afirmar que, a partir do momento no qual as esperadas mudanças aconteçam, um novo ânimo tomará conta de todos nós, e a economia começará a andar.

É a esperança que não deve morrer, e que juntos, tenhamos coragem para não perecer durante esta guerra suja.