O Financiamento que não veio

Empresa Metalúrgica com 30 anos de atividade, a pleno vapor, decidiu investir numa nova planta para resolver problemas ambientais e de relacionamento com os vizinhos.

Em linhas gerais, a boa localização do prédio lhe renderia um bom aluguel, capaz de fazer face à amortização das parcelas do novo investimento. Até aí tudo bem.

Comprou o terreno com recursos próprios – a empresa era capitalizada, iniciou as obras por conta própria, antes mesmo de dar a entrada do projeto no BNDES. Enquanto aguardava os trâmites burocráticos, foi investindo com recursos próprios, também captou em bancos, tudo para não parar a obra. A obra ia de vento em popa, e as captações para suprir o dia -a-dia da empresa também.

Projeto aprovado pelo BNDES, iniciava-se, então, a fase de constituição de garantias. O BNDES pedia como garantia o mecanismo de Fiança Bancária, mas naquele momento o endividamento já era alto, e os bancos não quiseram fazer.

Sem recursos, com uma fábrica inacabada, multas ambientais e um endividamento elevado, a empresa se viu em meio à uma crise financeira. Deram entrada no pedido de Recuperação Judicial a poucos meses.

Antes de iniciar um projeto, seja ele qual for, planeje cada etapa, sobretudo os usos e fontes de recursos.


A C&S Projetos e Mercado desenvolve Projetos Econômicos que permitem à empresa possuir um planejamento estratégico. Clique em Projetos Econômicos e saiba como podemos ajudá-lo.